Regulamento

REGULAMENTO DE FUNCIONAMENTO DA REVISTA

1. CONSIDERAÇÕES GERAIS

1.1 justificação e objetivos

1.2 frequência de publicação e acesso

1.3 Tipologia e composição da publicação

1.4 Sede e dados de contato

1.5 Isenção de responsabilidade

2. ÓRGÃOS DA REVISTA

2.1 Introdução

2.2 Conselho de Direção

2.3 Comitê Editorial

2.3.1 Direção

2.3.2 Subdireção da revista

2.3.3 Editor

2.3.4 As vogales do Comitê Editorial

2.3.5 A Secretaria do Comitê Editorial

3. MODIFICAÇÃO DESTE REGULAMENTO E REGIME SUPLETÓRIO

 

1. CONSIDERAÇÕES GERAIS

1.1 Justificação e objetivos

O Conselho da Juventude de Extremadura funda em 2016 a revista Cuadernos de Investigación en Juventud (“Cadernos da Investigação em Juventude”), com a intenção de ter uma publicação científica e periódica, cuja finalidade é divulgar trabalhos originais que não foram publicados anteriormente em revistas similares.

A revista científica do CJEx nasce com uma perspectiva aberta para todos os campos de conhecimento, dando preferência e máxima atenção à questões que têm um impacto especial e interesse para a juventude, de modo que o alvo geral é proporcionar conhecimentos relacionados com as pessoas jovens.

A revista dirigi-se a toda a sociedade, buscando oferecer dados úteis sobre a juventude, que nós entendemos como o segmento da população o qual está entre os 12 e 30 anos.

A revista tem como finalidade:

  • Divulgar a pesquisa em juventude.
  • Mostrar metodologias e técnicas utilizadas na pesquisa sobre a juventude.
  • Divulgar artigos originais nacionais e internacionais.
  • Promover a discussão e o debate acadêmico e social sobre as principais questões que afectam a juventude.

1.2 Frequência de publicação e acesso

A revista publica dois volumes anuais, de modo que a sua publicação terá caráter semestral.

Os trabalhos serão recolhidos nas línguas: espanhol, português e inglês, publicando- se os títulos, resumos e palavras-chave dos artigos nessas línguas.

A publicação será feita somente em formato electrônico, proporcionando- se o aceso ao texto completo através da edição eletrônica.

Cuadernos de Investigación en Juventud (Cadernos da Investigação em Juventude) é uma revista de acceso libre, sob licença Creative Commons Atribuição-CompartilhaIgual 4.0 Internacional (CC-BY-SA 4.0).

Você tem o direito de:

  • Compartilhar — copiar e redistribuir o material em qualquer suporte ou formato
  • Adaptar — remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial. O licenciante não pode revogar estes direitos desde que você respeite os termos da licença.

De acordo com os termos seguintes:

  • Atribuição — Você deve atribuir o devido crédito, fornecer um link para a licença, e indicar se foram feitas alterações. Você pode fazê-lo de qualquer forma razoável, mas não de uma forma que sugira que o licenciante o apoia ou aprova o seu uso.
  • CompartilhaIgual — Se você remixar, transformar, ou criar a partir do material, tem de distribuir as suas contribuições ao abrigo da mesma licença que o original.

A revista não tem custo para os autores.

1.3 Tipologia e composição da publicação

Para aparecer na revista se podem utilizar os seguintes formatos de trabalho:

  • Artigos de investigação
  • Colaboração das boas práticas
  • Colaboração da revisão
  • Notícias
  • Resenha biográfica

A seleção e avaliação dos manuscritos para os artigos serão feitas por dois revisores externos,  ajustando- se em seu funcionamento a os protocolos habituais seguidos na edição de publicações científicas seriadas.

As notícias e resenhas biográficas não serão submetidas a revisão por pares.

1.4 Sede e dados de contato

A revista tem seu endereço no Conselho de Juventude da Extremadura, um órgão autônomo, editor da revista, adscrito á Presidência da Junta de Extremadura, cujos dados de contato são os seguintes:

Conselho da Juventude de Extremadura

C/Reyes Huertas, 1, 1º izqda.; 06800, Mérida (Badajoz)

Telefone: (+34) 924 009 330

Fax: 924 009 937

Correio eletrônico: investigacion@cjex.org

1.5 Isenção de responsabilidade

As opiniões e fatos reunidos em cada artigo publicado são da exclusiva responsabilidade de seu autor, O CJEx não se faz responsável, em nenhum caso, da credibilidade e autenticidade dos trabalhos.

2. ÓRGÃOS DA REVISTA

2.1 Introdução

Para o correcto funcionamento e gestão dos diversos aspectos relacionados com a preparação, edição e publicação da revista do CJEx “Cadernos da Investigação em Juventude” dois órgãos colegiais existiram dentro de se mesma:

  • Conselho de Direção e
  • Comitê Editorial

Agora, de forma breve, nós expomos os principais aspectos da composição e as funções de cada um destes órgãos:

2.2 Conselho de Direção

Composição

O Conselho de Direção é o órgão colegiado de governo do maior autoridade da revista do CJEx “Cadernos da Investigação em Juventude”.

As pessoas que formaram parte da revista como membros natos são:

  • A pessoa que exerce a Presidência do CJEx.
  • A pessoa que ocupa a Secretaria Geral do CJEx.
  • A pessoa responsável da prestação de serviços como assistência técnica para o CJEx no campo da investigação.
  • A pessoa escolhida pela Comissão Executiva do CJEx, como assessor técnico e científico sobre a juventude, com base na sua carreira acadêmica e profissional, participação e conhecimento de questões chave relacionadas com a juventude, que será responsável de responder aos requerimentos de natureza científica que o Conselho de Direção da revista lhe pedem.

Função

O Conselho de Direção será presidido pela pessoa que ocupe a Presidência do CJEx, atuando como secretário deste órgão a pessoa que ocupe o cargo de Secretaria Geral do CJEx.

As funções do Conselho de Direção são as seguintes:

  • Representar á revista do CJEx “Cadernos da Investigação em Juventude” e dar-lhe continuidade.
  • Adotar as medidas adequadas para garantir em todo momento à sua publicação.
  • Supervisionar os conteúdos e funcionamento da revista.
  • Estabelecer a política editorial com o Comité Editorial.
  • Conhecer o informe de gestão anual e a memória com o resumo estatístico dos dados mais relevantes.
  • Fornecer apoio para a Direção da revista.

As decisões do Conselho de Direção serão adotadas por maioria.

O Conselho de Direção se reunirá sempre que a Presidência do mesmo lhes tenha convocados ou par sugestão do Director da revista

2.3 Comitê Editorial

É o órgão colegiado responsável pelos vários aspectos da direção e coordenação da revista.

  • Composição

Formarão parte do Comitê Editorial:

  • A pessoa encarregada da direção da revista.
  • A pessoa encarregada do Subdireção
  • A pessoa encarregada da Edição.
  • As vogais.
  • Uma pessoa que exerça funções de Secretaria.

Como régua geral, para ser um membro do Conselho Editorial a pessoa terá que ter o grau académico de Doutor, exceto para os casos excepcionais em que, com base aos critérios de formação profissional, experiência e carreira de investigação, é considerado pelo Comitê Editorial, com a aprovação do Conselho de Direção, que o candidato cumpra os méritos adequados para ser parte do Conselho Editorial.

O número de membros do Comitê Editorial, que serão conhecidos como Vogais, será determinado, de forma consensual, entre o Diretor, o Subdiretor e o Editor. Eles serão pessoas de reconhecida experiência nas áreas temáticas da revista, pertencentes a diferentes âmbitos geográficos.

Da mesma forma nós procederemos para a determinação do número dos membros do Comitê Editorial que devem ser estrangeiros, a fim de garantir a independência da revista.

  • Funções

As Funções do Comitê Editorial são:

  • Garantir o rigor científico, a relevância acadêmica e a pertinência dos temas selecionados.
  • Programar de forma eventual números extraordinários.
  • Anualmente avaliar os números publicados.
  • Propor modificações na política editorial.
  • Impulsionar o reconhecimento científico regional e nacional da revista, através da promoção da mesma.

As decisões do Comitê Editorial serão adotadas por maioria. O Comitê Editorial se reunirá sempre que a  Direcção do mesmo lhes convocará, par sugestão de pessoa responsável da Edição.

A seguir, nós reunimos as principais funções da Direcção, Subdireção, Edição, Vogais e Secretaria que são parte do Comitê Editorial.

2.3.1 Direcção

A pessoa responsável da Direcção da revista deve ser um membro da comunidade académica e científica, de reconhecido prestígio pela sua faceta de ensino e de investigação.

A designação será feita pelo Conselho de Direcção da revista, a proposta pela pessoa que ostenta a Presidência do CJEx.

Por sua parte, a  Direcção do Comitê Editorial tem poderes para nomear um Subdiretor e um Secretário deste Comitê.

As funções da Direcção do Comité Editorial são as seguintes:

  • Supervisionar os conteúdos e funcionamento da revista.
  • Definir a política editorial de acordo com o Conselho de Direcção.
  • Dirigir e garantir a qualidade acadêmica da revista.
  • Presidir, coordenar e orientar o funcionamento da Comitê Editorial, e moderar suas reuniõ
  • Apresentar o informe de gestão anual e a memória com oresumo estatístico dos dados mais relevantes para o Conselho de Direcção para seu
  • Convocar as reuniões do Comitê Editorial, par sugestão do Editor da revista.
  • Dirimir com o seu voto de qualidade as resoluções adotadas pelo Comitê

2.3.2 Subdireção da revista

A pessoa responsável da Subdireção da revista científica do CJEx será designada pela Direcção do Comitê Editorial, suas funções são as seguintes:

  • Substituirao Director na convocação e direção do Comitê Editorial em casos de doença, ausência temporária ou delegação expressa da Direcçã
  • Organizar os arquivos da revista.
  • Convocar e presidir as reuniões da equipe de redacção.

2.3.3 Editor

Se bem que a edição da revista científica CJEx “Cadernos da Investigação em Juventude” corresponde à este organismo, a pessoa responsável da prestação dos serviços para Conselho da Juventude de Extremadura no campo da Assistência Técnica da Pesquisa será responsável de realizar a edição da publicação.

Para este fim, as suas funções são os seguintes:

  • Receber os manuscritos e interagir com os autores dos artigos submetidos à consideração da publicação.
  • Propor aos autores melhorias em seus originais para cumprir os requisitos para sua publicação.
  • Enviar manuscritos aos colaboradores, e interagir com eles.
  • Coordenar todas os trabalhos  derivados do processo editorial da revista.
  • Assistir o diretor na gestão diária da publicação, a fim de assegurar o fluxo contínuo do processo editorial.
  • Propor medidas e ações que levam ao desenvolvimento da publicação bem como sua inclusão nos índices das revistas científicas mais importantes.
  • Preparar o relatório anual de gestão e memória com o estudo estatístico sobre o que foi publicado.
  • Estabelecer o calendário de elaboração da revista.
  • Propor regras de publicação e o manual de estilo para aprovação pelo Comitê Editorial.
  • Qualquer outra função atribuída pelo diretor da revista

2.3.4 As vogales do Comitê Editorial

Poderão ser membros do Comitê Editorial aquelas pessoas com reconhecidas trajetórias de investigação e prestígio científico nas áreas temáticas abrangidas pela revista, pertencentes a distintos âmbitos geográficos da comunidade científica universitária, em número assinado de mútuo consenso pelo Diretor, o Subdiretor e o Editor.

A este respeito, também o Director, o Subdiretor e o Editor assinarão de mútuo consenso o número de Vogais estrangeiros do Comité Editorial, a fim de garantir a independência da revista e facilitar a inclusão da mesma na índices de referência internacionais.

As funções das Vogais deve ser a seguinte:

  • Propor as linhas da política editorial da revista.
  • Propor nomes de autores.
  • Realizar tarefas de revisão dos manuscritos.
  • Cooperar na manutenção do mais alto nível de excelência acadêmica e rigor científico da revista.

2.3.5 A Secretaria do Comitê Editorial

A pessoa responsável da Secretaria do Comitê Editorial tem que:

  • Participar nas reuniões do Comitê Editorial com voz, mas sem voto, ele tem que lavrar ata de cada uma das reuniões
  • Garantir a informação necessária para a equipe de trabalho para que este possa desempenhar as suas funções com qualidade.

3. MODIFICAÇÃO DESTE REGULAMENTO E REGIME SUPLETÓRIO

A modificação deste Regulamento de funcionamento da revista científica do CJEx “Cadernos da Investigação em Juventude” será realizada par sugestão do Diretor da mesma, e exigirá a aprovação do Conselho de Direção.

Finalmente, nas matérias não abrangidas por este regulamento, aplicam- se as regras contidas no Capítulo II do Título II da Lei sobre o Regime Jurídico das Administrações Públicas e do Procedimento Administrativo Comum, notadamente no que diz respeito às regras de órgãos  colegiados, sessões de estes órgãos  e adoção de acordos adequados.